Get Adobe Flash player

Procurar

  Search  

Outras ligações

Câmara Municipal de Fafe



O nosso blogue

Notas

 

O Museu das Migrações e das Comunidades foi fundado por deliberação do Município de Fafe em 12/07/2001. Um Museu que pretende aprofundar o conhecimento das migrações na diáspora portuguesa.





As Igrejas


Igreja Nova de São José

Igreja Nova - Fafe


Igreja Nova

Esta Obra surge com um legado de Fortunato José de Oliveira, «Brasileiro», na importância de oito contos do Réis, em 25/2/1895, dando origem à construção da actual igreja de S. José, tendo nos «brasileiros» de Fafe os seus principais impulsionadores, nomeadamente José Florêncio Soares, comendador Albino de Oliveira Guimarães, Bernardino da cunha Mendes, João Alves de Freitas, José Ribeiro Vieira de Castro e o Barão de Oliveira Castro, faz doação, para a "Igreja em construção em Fafe, terra de nascimento de seu falecido Pai, assim tornando-lhe mais saudosa e veneranda a memória, ofereceu a quantia de dez contos de réis!"

 

Depois de muitos anos parada, por falta de Verbas para a sua conclusão, o arquitecto Ernesto Korrodi concebeu esta igreja, em 1937, fazendo o aproveitamento da parte já em construção, dado que o desenho inicial se tinha perdido durante os muitos anos em que as obras estiveram paradas.

No centro da cidade existiu uma capela votiva a Santa Luzia, demolida em 1907 para se proceder à abertura da Avenida 5 de Outubro. A última festividade realizou-se nesta data por iniciativa da família Azevedo, sendo nesse dia a imagem transportada para a Igreja Matriz onde ficou exposta à veneração dos fiéis.[18]

Igreja Nova2

O facto de, já em 1910, as obras se encontrarem paradas, leva-nos a concluir das dificuldades económicas que os nossos emigrantes sentiram no Brasil na primeira década do século XX, dado os apelos que então se faziam na imprensa local à comunidade emigrante.

Em 1908, a imprensa continua a fazer apelos à filantropia:

 

«Comendador José Pereira de Sousa, natural da freguesia de Cepães, deste concelho e residente na grande e progressiva cidade fluminense onde é sócio da importante e florescente casa da firma - Sucena & C.ª. Chegou no dia 8 a Lisboa, seguindo de imediato para Águeda, acompanhado do seu sócio o Sr.Conde de Sucena.

Á hora que este jornal circula, talvez já tenha chegado ou esteja a prestes a chegar à sua aldeia natal, o nosso prezado concidadão.

 

Igreja Nova3

Depois de visitar Cepães e Fafe, seguirá para Vitell (França) - a uso das águas medicinais. O Sr. Comendador Pereira de Sousa é um grande benemérito da sua freguesia.E, como é um dos portugueses em preponderância no Brasil, também podia ser um benemérito desta vila. Temos essa importante obra da Igreja Nova por concluir.

Uma subscrição a valer, no Rio, daria bem para a rematar.

Saudando o valoroso conterrâneo, chamamos a sua atenção para isso